Sl 77

From Biblia: Os Quatro Evangelhos e os Salmos
Jump to: navigation, search

77(76) Meditação sobre o passado

 

1 Ao diretor. Para Jedutun[1]. De Asaf. Salmo.


2 A Deus ergo a minha voz e clamo[2];

a Deus ergo a minha voz, para que Ele me ouça.

3 No dia da minha angústia procurei o Senhor;

à noite, ergo as minhas mãos sem descanso,
e a minha alma recusa ser confortada.

4 Lembro-me de Deus e suspiro;

medito e o meu espírito desfalece.


5 Mantiveste abertos os meus olhos;

fiquei perturbado, sem nada dizer.

6 Pus-me a pensar nos tempos antigos,

nos anos do tempo passado.

7 De noite, relembro o meu cântico;

com o meu coração medito,
e o meu espírito põe-se à procura.

8 Será que o Senhor nos vai abandonar para sempre?

Não voltará mais a ser-nos favorável?

9 Acaso se esgotou para sempre a sua misericórdia,

retirando a promessa feita para gerações e gerações?

10 Ter-se-á Deus esquecido da compaixão,

ou terá fechado com a ira as suas entranhas[3]?

11 Por isso eu digo: «A minha dor

é que a mão do Altíssimo tenha mudado assim»[4].


12 Lembro-me dos prodígios[5] do Senhor.

Sim. Lembro-me das tuas maravilhas de outrora.

13 Volto a pensar em todas as tuas obras

e medito nos teus prodígios.


14 Ó Deus, o teu caminho é de santidade.

Que outro deus é grande como o nosso Deus?

15 Tu és o Deus que realiza maravilhas;

manifestaste entre os povos o teu poder.

16 Com o teu braço resgataste o teu povo,

os filhos de Jacob e de José[6].


17 Viram-te as águas, ó Deus;

viram-te as águas e tremeram
e até os abismos do mar se agitaram.

18 As nuvens deixaram cair a chuva;

ressoou a voz das trovoadas,
e as tuas setas corriam para todo o lado.


19 O ruído do teu trovão ecoou pelo firmamento;

os relâmpagos iluminaram o mundo;
a terra agitou-se e estremeceu[7].

20 Pelo mar foi o teu caminho,

e o teu percurso, pelas águas caudalosas,
e as tuas pegadas não foram descobertas.

21 Conduziste o teu povo como um rebanho,

pela mão de Moisés e de Aarão.



  1. Cf. Sl 39,1.
  2. Trata-se de um salmo coletivo de súplica. Começa com as referências explícitas aos gestos e atitudes de uma súplica dirigida a Deus. Entretanto, surgem queixas e experiências que parecem traduzir a sensação de algum abandono por parte de Deus, tanto mais que o ponto de comparação são os prodígios dos tempos antigos que soam já demasiado distantes.
  3. A expressão literal hebraica fechar as suas entranhas é equivalente a fechar o seu coração.
  4. Sobre as diferenças que se podem verificar no modo de agir de Deus (cf. Jr 18,1-12).
  5. Hebraico consonântico: Lembrarei os prodígios. As traduções antigas e a vocalização massorética (qere’) consideram que é o próprio salmista que se recorda. Esta é a opção que vai em texto. Segundo o texto hebraico consonântico (ketib) o que se afirma é a intenção do salmista em lembrar aos outros.
  6. As memórias evocadas neste salmo concentram-se na saída do Egito. Por isso os antepassados nomeados são os de Jacob, que seguiram com ele de Canaã para o Egito, e os de José, que já lá estavam com ele (Gn 46,26-27; Ex 1,1-5).
  7. Alguns destes prodígios são reflexos da literatura oriental sobre a luta contra o caos que envolve o mar e outras forças cósmicas. Estas manifestações do poder de Deus aparecem aplicadas ao período de transição radical que medeia entre o Egito e o Sinai (Sl 68,8s; Jb 7,12s; Ex 19,16-18).



Salmos

1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150