Sl 2

From Biblia: Os Quatro Evangelhos e os Salmos
Jump to: navigation, search

2 Deus e o seu ungido

 

1 Porque se amotinam os povos

e as nações congeminam vãos projetos[1]?

2 Revoltam-se os reis da terra[2] e os príncipes fazem aliança

contra o Senhor e contra o seu ungido[3]:

3 «Quebremos as suas algemas

e afastemos de nós o seu jugo!»[4].


4 Aquele que habita nos céus sorri,

o Senhor escarnece deles.

5 Então, ameaça-os com a sua ira

e atemoriza-os com a sua cólera:

6 «Fui Eu que consagrei[5] o meu rei,

sobre a minha montanha santa de Sião».


7 Vou proclamar o decreto do Senhor,

pois Ele me declarou: «Tu és meu filho,
Eu hoje te fiz nascer[6].

8 Pede-me e eu to concederei;

os povos serão a tua herança,
e os confins da terra o teu domínio.

9 Hás de guardá-los com um cajado de ferro

e destruí-los como um vaso de oleiro».


10 E agora, ó reis, tomai bem sentido,

aprendei, vós que governais a terra.

11 Servi o Senhor com temor

e com tremor rendei-lhe homenagem[7].

12 Que Ele não se irrite e pereçais no caminho.

Pois num momento se inflama a sua ira.
Felizes todos os que nele confiam!



  1. Este salmo articula-se com diversos aspetos que, ao longo de toda a Bíblia, aparecem conotados com a realeza. Tal como o Sl 110, pode enquadrar-se bem nos ritos e festividades destinados à entronização real. A envolver a visão esperançosa e entusiasta sobre as funções que o rei é chamado a exercer, paira a garantia divina de manter uma ordem universal justa. As sugestivas ideias de caráter messiânico sintonizam profundamente com as perspetivas deste salmo. Por isso ele é interpretado no NT, sublinhando de forma explícita as ressonâncias messiânicas nele contidas (At 4,25; 13,33; Heb 1,5; 5,5).
  2. Fazer de povos e reis os autores desta conspiração contra o povo de Deus sublinha a dimensão de sobrevivência que se reclama neste salmo e justifica a sua associação com a instituição real de Israel e com o tema da realeza divina.
  3. Lit.: o seu messias (Ex 30,25; 1Sm 2,10; 10,1). Este termo hebraico pertence ao contexto da consagração quer do sacerdote quer do rei. A palavra significa ungido e dele deriva o título de messias que se aplica ao próprio rei. Os LXX traduziram-no por Khristós e no NT será aplicado a Jesus, transformando-se para Ele, primeiro, num título e, depois, num verdadeiro nome.
  4. Esta frase mostra que a sublevação de reis e povos não representa um ataque, mas uma revolta contra um poder superior cujo centro se encontra em Jerusalém. Não é certamente uma situação real de domínio político por parte da realeza israelita, mas a afirmação de um poder de alcance superior, que abarca o mundo (Sl 149,7s).
  5. O termo utilizado para consagrar (nasak) significa derramar óleo sobre a cabeça do rei a entronizar. Corresponde à cerimónia do ungir, no v. 2.
  6. Ou: pois Eu hoje te gerei (cf. Sl 110,3 nota). O hoje sublinha o momento da consagração real que é, ao mesmo tempo, um dia de nascimento. O título de meu filho que aqui se refere ao rei entronizado pode também referir-se a todo o povo (Ex 4,22-23). Por isso a relação que o salmo descreve entre Deus e o rei pode entender-se também como extensiva a todo o povo. No entanto, os poderes de soberania e domínio concedidos têm diretamente a ver com as funções do rei. Por isso a sua figura se destaca tão claramente neste salmo.
  7. Reorganizando elementos do texto hebraico entre o final do v. 11 e o início do v. 12, é possível encontrar aqui uma expressão oriental, nachqu beraglaw, que significa beijai os seus pés e fazia parte do cerimonial de homenagem aos reis.



Salmos

1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150