Sl 48

From Biblia: Os Quatro Evangelhos e os Salmos
Jump to: navigation, search

48(47) Sião, cidade de Deus

 

1 Cântico. Salmo dos filhos de Coré.


2 O Senhor é grande e digno de todo o louvor[1],

na cidade do nosso Deus, sua montanha santa.

3 Bela elevação, alegria de toda a terra,

o monte Sião, acima do monte Safon,
é a fortaleza do grande rei[2].

4 No meio das suas fortalezas,

Deus é reconhecido como um baluarte.


5 Mas eis que os reis se coligaram

e juntos decidiram avançar.

6 Mal a viram ficaram em pânico;

e, aterrorizados, puseram-se em fuga.

7 Ali mesmo os apanhou a ansiedade,

com dores como as da mulher no parto[3].

8 Era como o vento leste,

que despedaça as naus de Társis[4].


9 Tal como nos contaram, assim o vimos[5],

na cidade do Senhor dos exércitos,

na cidade do nosso Deus,

que Deus consolidou para sempre.


10 Ó Deus, nós meditamos na tua misericórdia,

no interior do teu santuário.

11 Tal como o teu nome, ó Deus,

o teu louvor chega aos confins da terra.
A tua mão direita está cheia de justiça[6].


12 O monte Sião alegra-se,

exultam as cidades de Judá[7],
por causa dos teus decretos.

13 Percorrei Sião, caminhando em seu redor,

e contai as suas torres.

14 Examinai as suas fortalezas e palácios,

para poderdes contar à geração futura

15 que este é Deus, o nosso Deus para todo o sempre.

É Ele que eternamente nos conduz[8].



  1. É o segundo salmo de Sião (cf. Sl 46 nota). Continuando a aproveitar a linguagem simbólica tradicional de Canaã, proclama que Sião se encontra nos píncaros do monte Safon. Esta era uma montanha de grande simbolismo religioso situada perto da cidade de Ugarit e considerada a habitação celeste do deus Baal (Is 14,13; 37,24). Nos tempos mais antigos dos hebreus na Palestina ainda não se notava o conflito entre a religiosidade dirigida a Javé e a que é votada a Baal. Os ataques descritos contra a cidade protegida por Deus podem conter referências a acontecimentos reais de guerra ou simplesmente fazer parte do género literário utilizado para este tipo de cânticos. Há quem veja como contexto histórico plausível para este hino o ataque dos reis de Damasco e da Samaria em 734 a.C. (2Rs 16,5; Is 7,1).
  2. A linguagem aqui implícita é a que descrevia o deus Baal no discurso religioso de Canaã como o grande rei. Por isso Sião não é declarada como a cidade, mas sim a fortaleza, castelo ou cidadela (qiryat).
  3. As dores de parto aparecem na literatura bíblica como a grande metáfora da dor e do sofrimento (Is 13,8; 21,3; Jr 6,24; 22,27; etc.).
  4. As naus de Társis eram os navios de grande porte adequados às mais arriscadas viagens ao longo do Mediterrâneo (1Rs 10,22; 2Cr 20,36). Pelo que o texto diz, eram os ventos de leste o risco que estes navios fenícios mais temiam.
  5. As coisas prodigiosas que em Israel mais se faziam ouvir eram os relatos sobre a saída do Egito. A presente libertação de Sião era uma realidade comparável que se podia ter o privilégio de ver.
  6. Os vv. 10-11 combinam dois pares de conceitos importantes: a grandeza do nome de Deus e a amplidão do louvor que lhe é votado, por um lado; e o padrão que preside à intervenção de Deus que é simultaneamente de misericórdia, pelo que exprime de relação com o povo crente, e de justiça, pela maneira como repõe as coisas na sua devida ordem.
  7. Lit.: as filhas de Judá. Esta designação exprime localidades integradas numa região ou dependentes de uma cidade principal (Nm 21,25.32; Js 15,45).
  8. A última expressão do salmo (‘lmwt) é vocalizada pelos massoretas como significando para / sobre a morte; alguns acham que seria uma indicação semelhante às que ocorrem nos títulos dos salmos (donzelas), i.e., para sopranos; a tradução dos LXX diz pelos séculos, sentido que se acolhe para esta tradução.



Salmos

1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150