Difference between revisions of "Sl 96"

From Biblia: Os Quatro Evangelhos e os Salmos
Jump to: navigation, search
(Created page with " ---- <references/> == Salmos == 1   2   3   4   5   6   7   [...")
 
 
Line 1: Line 1:
 +
=== <span style="color:red">96(95)&nbsp;'''Deus, rei do universo'''</span>===
 +
&nbsp;
  
 +
<span style="color:red"><sup>1</sup></span>&nbsp;Cantai ao Senhor um cântico novo<ref name="ftn580">Este salmo da realeza de Javé é todo ele um hino litúrgico, muito bem enquadrado no contexto do templo de Jerusalém e provavelmente num período já posterior ao do exílio na Babilónia. O seu conteúdo assemelha-se ao do Sl 47 e o seu texto aparece quase por inteiro no livro das Crónicas (1Cr 16,8-36). O contexto ali descrito é o do transporte da arca da aliança para Jerusalém.</ref>,
  
 +
:cantai ao Senhor, terra inteira!
  
 +
<span style="color:red"><sup>2</sup></span>&nbsp;Cantai ao Senhor, bendizei o seu nome,
  
 +
:anunciai de dia em dia a sua salvação.
  
 +
<span style="color:red"><sup>3</sup></span>&nbsp;Ide contar entre os povos a sua glória,
  
 +
:em todas as nações, as suas maravilhas.
  
 +
<span style="color:red"><sup>4</sup></span>&nbsp;Pois o Senhor é grande e digno de todo o louvor,
 +
 +
:é mais temível do que todos os deuses.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>5</sup></span>&nbsp;Todos os deuses dos povos são apenas ídolos,
 +
 +
:mas o Senhor é que fez os céus<ref name="ftn581">A ideia que distingue Javé dos outros deuses é a de que este, pelo facto de ter criado os céus que significam a totalidade do universo, mostra ser um Deus eficaz e não um simples ídolo.</ref>.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>6</sup></span>&nbsp;Na sua presença há majestade e esplendor,
 +
 +
:no seu santuário, beleza e poder<ref name="ftn582">Beleza e poder é por alguns entendida como referência à arca da aliança (Sl 71,8; 78,61).</ref>.
 +
 +
 +
<span style="color:red"><sup>7</sup></span>&nbsp;Dai ao Senhor, famílias dos povos,
 +
 +
:dai ao Senhor glória e poder.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>8</sup></span>&nbsp;Dai ao Senhor a glória do seu nome,
 +
 +
:levai as ofertas e entrai nos seus átrios.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>9</sup></span>&nbsp;Inclinai-vos diante do Senhor no esplendor do santuário;
 +
 +
:e trema diante dele a terra inteira!
 +
 +
<span style="color:red"><sup>10</sup></span>&nbsp;Proclamai entre os povos: «O Senhor é rei!».
 +
 +
:Por isso, a terra está firme, sem vacilar,
 +
 +
:pois Ele faz justiça aos povos com equidade.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>11</sup></span>&nbsp;Alegrem-se os céus e rejubile a terra;
 +
 +
:ressoe o mar e tudo o que ele contém.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>12</sup></span>&nbsp;Regozijem-se os campos e tudo o que neles existe
 +
 +
:e que todas as árvores da floresta rejubilem,:
 +
 +
<span style="color:red"><sup>13</sup></span>&nbsp;diante do Senhor que vem,
 +
 +
:que vem para julgar a terra!
 +
 +
Ele julga o mundo com justiça
 +
 +
:e os povos com a sua fidelidade.
  
  

Latest revision as of 09:50, 18 December 2019

96(95) Deus, rei do universo

 

1 Cantai ao Senhor um cântico novo[1],

cantai ao Senhor, terra inteira!

2 Cantai ao Senhor, bendizei o seu nome,

anunciai de dia em dia a sua salvação.

3 Ide contar entre os povos a sua glória,

em todas as nações, as suas maravilhas.

4 Pois o Senhor é grande e digno de todo o louvor,

é mais temível do que todos os deuses.

5 Todos os deuses dos povos são apenas ídolos,

mas o Senhor é que fez os céus[2].

6 Na sua presença há majestade e esplendor,

no seu santuário, beleza e poder[3].


7 Dai ao Senhor, famílias dos povos,

dai ao Senhor glória e poder.

8 Dai ao Senhor a glória do seu nome,

levai as ofertas e entrai nos seus átrios.

9 Inclinai-vos diante do Senhor no esplendor do santuário;

e trema diante dele a terra inteira!

10 Proclamai entre os povos: «O Senhor é rei!».

Por isso, a terra está firme, sem vacilar,
pois Ele faz justiça aos povos com equidade.

11 Alegrem-se os céus e rejubile a terra;

ressoe o mar e tudo o que ele contém.

12 Regozijem-se os campos e tudo o que neles existe

e que todas as árvores da floresta rejubilem,:

13 diante do Senhor que vem,

que vem para julgar a terra!

Ele julga o mundo com justiça

e os povos com a sua fidelidade.



  1. Este salmo da realeza de Javé é todo ele um hino litúrgico, muito bem enquadrado no contexto do templo de Jerusalém e provavelmente num período já posterior ao do exílio na Babilónia. O seu conteúdo assemelha-se ao do Sl 47 e o seu texto aparece quase por inteiro no livro das Crónicas (1Cr 16,8-36). O contexto ali descrito é o do transporte da arca da aliança para Jerusalém.
  2. A ideia que distingue Javé dos outros deuses é a de que este, pelo facto de ter criado os céus que significam a totalidade do universo, mostra ser um Deus eficaz e não um simples ídolo.
  3. Beleza e poder é por alguns entendida como referência à arca da aliança (Sl 71,8; 78,61).



Salmos

1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150