Difference between revisions of "Sl 60"

From Biblia: Os Quatro Evangelhos e os Salmos
Jump to: navigation, search
(Created page with " ---- <references/> == Salmos == 1   2   3   4   5   6   7   [...")
 
 
Line 1: Line 1:
 +
=== <span style="color:red">60(59)&nbsp;'''Oração após uma derrota '''</span>===
 +
&nbsp;
  
 +
<span style="color:red"><sup>1</sup></span>&nbsp;''Ao diretor. Pela melodia ''«''lírio do testemunho''»''. Elegia. ''
  
 +
''Para ensinar. De David'',
  
 +
<span style="color:red"><sup>2</sup></span>&nbsp;''quando lutou contra Aram Naaraim e contra Aram de Soba. Ao regressar, ''
  
 +
''Joab combateu contra Edom, derrotando doze mil no Vale do Sal.''
  
  
 +
<span style="color:red"><sup>3</sup></span>&nbsp;Tu nos rejeitaste, ó Deus, e te afastaste de nós<ref name="ftn324">Este salmo coletivo de súplica tem como pano de fundo atividades militares múltiplas, por onde se justifica o tom de experiência coletiva e de incitação ao encorajamento. Tendo sofrido grandes derrotas em batalha, o povo pede socorro e vitória contra os inimigos. A geografia de guerra sugerida no próprio salmo dá-lhe um sentido bastante amplo. A imagem deste território faz pensar no espaço político dos inícios da monarquia davídica. Nos pormenores e no vocabulário, o salmo está repleto de referências históricas implícitas. Como todos os salmos de súplica, também este junta os motivos de lamentação, súplica e confiança. O acontecimento que é referido e resumido no próprio título encontra-se em 2Sm 8,2.5-13; 10,13-18. Os vv. 7-14 deste salmo encontram-se também no Sl 108.</ref>.
  
 +
:Estás irado, mas volta para nós.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>4</sup></span>&nbsp;Fizeste tremer a terra até abrir brechas.
 +
 +
:Repara as suas ruínas, porque se desmorona!
 +
 +
<span style="color:red"><sup>5</sup></span>&nbsp;Fizeste com que o teu povo passasse duras provas;
 +
 +
:deste-nos a beber um vinho de entorpecer.
 +
 +
 +
<span style="color:red"><sup>6</sup></span>&nbsp;Deste<ref name="ftn325">Ou: ''Dá aos que te temem um sinal''.</ref> aos que te temem um sinal,
 +
 +
:para poderem esquivar-se das flechas.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>7</sup></span>&nbsp;Para que os teus amigos sejam libertados,
 +
 +
:salve-nos a tua mão direita e responde-nos.
 +
 +
 +
<span style="color:red"><sup>8</sup></span>&nbsp;Deus falou no seu santuário:
 +
 +
:«Com alegria repartirei Siquém<ref name="ftn326">Siquém é uma localidade na Samaria; Sucot é a região central do lado oriental do Jordão.</ref>
 +
 +
:e medirei o vale de Sucot.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>9</sup></span>&nbsp;É minha a terra de Guilead; é minha a de Manassés<ref name="ftn327">Guilead e Manassés são regiões centrais da Palestina, situadas, a primeira a oriente do Jordão e a segunda de ambos os lados do rio.</ref><nowiki>;</nowiki>
 +
 +
:Efraim é o capacete da minha cabeça e Judá, o meu cetro<ref name="ftn328">Efraim representa a região norte da Palestina, enquanto Judá representa o sul. São expressões de totalidade.</ref>.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>10</sup></span>&nbsp;Moab é a bacia onde me lavo;
 +
 +
:sobre Edom ponho a minha sandália
 +
 +
:e cantarei vitória sobre a Filisteia»<ref name="ftn329">Moab é a região sul, além do Jordão. Edom representa a região a oriente e a sul do Mar Morto. A Filisteia é a região sul na costa mediterrânica.</ref>.
 +
 +
 +
<span style="color:red"><sup>11</sup></span>&nbsp;Quem me conduziria à cidade fortificada<ref name="ftn330">Trata-se possivelmente da cidade de Bosra, nas regiões do sul ligadas aos edomitas.</ref>?
 +
 +
:Quem me guiaria até Edom?
 +
 +
<span style="color:red"><sup>12</sup></span>&nbsp;Quem, senão Tu, ó Deus que nos rejeitaste
 +
 +
:e já não sais, ó Deus, com os nossos exércitos?
 +
 +
 +
<span style="color:red"><sup>13</sup></span>&nbsp;Concede-nos ajuda contra o adversário,
 +
 +
:porque é vão qualquer socorro humano.
 +
 +
<span style="color:red"><sup>14</sup></span>&nbsp;Por Deus alcançaremos a vitória
 +
 +
:e Ele mesmo calcará aos pés os nossos inimigos.
  
  

Latest revision as of 16:50, 17 December 2019

60(59) Oração após uma derrota

 

1 Ao diretor. Pela melodia «lírio do testemunho». Elegia.

Para ensinar. De David,

2 quando lutou contra Aram Naaraim e contra Aram de Soba. Ao regressar,

Joab combateu contra Edom, derrotando doze mil no Vale do Sal.


3 Tu nos rejeitaste, ó Deus, e te afastaste de nós[1].

Estás irado, mas volta para nós.

4 Fizeste tremer a terra até abrir brechas.

Repara as suas ruínas, porque se desmorona!

5 Fizeste com que o teu povo passasse duras provas;

deste-nos a beber um vinho de entorpecer.


6 Deste[2] aos que te temem um sinal,

para poderem esquivar-se das flechas.

7 Para que os teus amigos sejam libertados,

salve-nos a tua mão direita e responde-nos.


8 Deus falou no seu santuário:

«Com alegria repartirei Siquém[3]
e medirei o vale de Sucot.

9 É minha a terra de Guilead; é minha a de Manassés[4];

Efraim é o capacete da minha cabeça e Judá, o meu cetro[5].

10 Moab é a bacia onde me lavo;

sobre Edom ponho a minha sandália
e cantarei vitória sobre a Filisteia»[6].


11 Quem me conduziria à cidade fortificada[7]?

Quem me guiaria até Edom?

12 Quem, senão Tu, ó Deus que nos rejeitaste

e já não sais, ó Deus, com os nossos exércitos?


13 Concede-nos ajuda contra o adversário,

porque é vão qualquer socorro humano.

14 Por Deus alcançaremos a vitória

e Ele mesmo calcará aos pés os nossos inimigos.



  1. Este salmo coletivo de súplica tem como pano de fundo atividades militares múltiplas, por onde se justifica o tom de experiência coletiva e de incitação ao encorajamento. Tendo sofrido grandes derrotas em batalha, o povo pede socorro e vitória contra os inimigos. A geografia de guerra sugerida no próprio salmo dá-lhe um sentido bastante amplo. A imagem deste território faz pensar no espaço político dos inícios da monarquia davídica. Nos pormenores e no vocabulário, o salmo está repleto de referências históricas implícitas. Como todos os salmos de súplica, também este junta os motivos de lamentação, súplica e confiança. O acontecimento que é referido e resumido no próprio título encontra-se em 2Sm 8,2.5-13; 10,13-18. Os vv. 7-14 deste salmo encontram-se também no Sl 108.
  2. Ou: Dá aos que te temem um sinal.
  3. Siquém é uma localidade na Samaria; Sucot é a região central do lado oriental do Jordão.
  4. Guilead e Manassés são regiões centrais da Palestina, situadas, a primeira a oriente do Jordão e a segunda de ambos os lados do rio.
  5. Efraim representa a região norte da Palestina, enquanto Judá representa o sul. São expressões de totalidade.
  6. Moab é a região sul, além do Jordão. Edom representa a região a oriente e a sul do Mar Morto. A Filisteia é a região sul na costa mediterrânica.
  7. Trata-se possivelmente da cidade de Bosra, nas regiões do sul ligadas aos edomitas.



Salmos

1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150