Sl 39

From Biblia: Os Quatro Evangelhos e os Salmos
Revision as of 16:25, 17 December 2019 by Bibliacep (talk | contribs)

(diff) ← Older revision | Latest revision (diff) | Newer revision → (diff)
Jump to: navigation, search

39(38) Enigma e brevidade da vida

 

1 Ao diretor. Para Jedutun. Salmo de David.


2 Eu disse para comigo: «Vigiarei a minha conduta[1],

para não pecar com a minha língua;

refrearei a minha boca,

enquanto o malfeitor se encontra à minha frente».

3 Permaneci mudo, em silêncio, mas sem proveito,

pois a minha dor mais se agravou.


4 O coração ardia-me no peito;

os meus murmúrios atiçavam mais o fogo,
até que a minha língua exclamou:

5 «Ó Senhor, dá-me a conhecer o meu fim

e qual será o número dos meus dias,
para que eu reconheça como sou efémero».


6 Alguns palmos de caminho deste aos meus dias,

e a minha existência é como nada diante de ti,
cada ser humano é um sopro que está de pé[2].Pausa

7 Na verdade, é na sombra que o homem se movimenta;

é por uma ilusão que ele se agita:
amontoa riquezas, mas não sabe quem as vai recolher.


8 E agora, Senhor, que posso eu esperar?

A minha esperança está posta em ti.

9 Livra-me de todas as minhas culpas;

não me faças servir de escárnio para o insensato.

10 Fiquei calado e nem vou abrir a boca,

porque tudo é obra tua.:

11 Afasta de mim os teus castigos;

com a dureza da tua mão, eu fico desfeito.

12 É castigando as suas culpas

que Tu educas o ser humano.

Como a traça, destróis o que ele mais estima,

pois o homem não é mais que um sopro.

13 Escuta, Senhor, a minha oração

e atende o meu grito de súplica;
não fiques insensível às minhas lágrimas.

Pois sou como um forasteiro a viver junto de ti,

um hóspede, como todos os meus antepassados[3].

14 Desvia os olhos de mim, para eu poder respirar,

antes de me ir embora e deixar de existir[4].



  1. Salmo individual de súplica. O salmista descreve a sua experiência de sofrimento e dela retira a conclusão de que a sua vida lhe parece extremamente passageira, sem com isso cair num pessimismo completo e desesperado. Pela referência que ocorre no título, o salmo está associado com o nome de Jedutun, tal como acontece com os Sl 62 e 77. Este nome designa o chefe de um grupo de levitas encarregados do canto e das portas do templo (1Cr 25,1ss; 2Cr 5,12ss). A passagem de 1Cr 15,17 parece referir-se a ele com o nome de Etan.
  2. A sensação de brevidade da vida deriva da consciência que se tem de elevados desejos e expetativas e sobretudo da confrontação com a grandeza da eternidade de Deus.
  3. Sendo Deus o único dono da terra prometida, os hebreus sempre afirmaram a consciência de serem hóspedes e peregrinos numa terra que não é sua, desde o tempo dos antigos patriarcas (Gn 23,4; Ex 12,45; Lv 22,10; 25,23).
  4. Idênticos sentimentos exprime Job (7,16,21; 10,20-22; 14,6-16), mesmo mantendo as suas expetativas de vida imortal (Jb 10,13-19; 14,13-17).



Salmos

1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150