Jo 16

From Biblia: Os Quatro Evangelhos e os Salmos
Jump to: navigation, search

Segundo anúncio da perseguição aos discípulos – 1«Disse-vos estas coisas para que não seja motivo de escândalo para vós[1]. 2Hão de expulsar-vos das sinagogas; mas está a chegar a hora em que todo aquele que vos matar julgará estar a prestar culto a Deus. 3E farão isto porque não conheceram nem o Pai, nem a mim».


Terceiro anúncio da vinda do Espírito Santo – 4«Contudo, disse-vos estas coisas, para que, quando chegar a sua hora, vos recordeis que Eu vo-las disse. Não vos disse estas coisas desde o princípio, porque estava convosco. 5Agora, porém, vou para aquele que me enviou e nenhum de vós me pergunta: "Para onde vais?". 6Mas, porque vos disse estas coisas, a tristeza encheu o vosso coração. 7No entanto, Eu digo-vos a verdade: é melhor para vós que Eu parta, pois, se não partir, o Paráclito[2] não virá a vós; mas, se for, enviá-lo-ei a vós. 8E, quando Ele vier, denunciará o mundo quanto ao pecado, quanto à justiça e quanto ao julgamento: 9quanto ao pecado, porque não acreditam em mim; 10quanto à justiça, porque vou para o Pai e já não me vereis; 11quanto ao julgamento, porque o Príncipe deste mundo está julgado.

12Tenho ainda muitas coisas para vos dizer, no entanto não conseguis suportá-las por agora. 13Mas quando Ele vier, o Espírito da verdade, guiar-vos-á na verdade toda. De facto, não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que ouvir e anunciar-vos-á o que está para vir. 14Ele me glorificará, porque receberá do que é meu e vo-lo anunciará. 15Tudo quanto o Pai tem é meu. Por isso vos disse: recebe do que é meu e vo-lo anunciará».


Anúncio da partida para o Pai – 16«Mais um pouco e já não me vereis; um pouco mais e ver-me-eis». 17Disseram, então, alguns dos seus discípulos uns aos outros: «Que é isto que nos está a dizer: "Mais um pouco e já não me vereis; um pouco mais e ver-me-eis" e "Vou para o Pai"?». 18E diziam: «O que é esse "um pouco" de que nos fala? Não entendemos o que diz!».

19Jesus percebeu que queriam interrogá-lo e disse-lhes: «Indagais entre vós acerca do que disse: "Mais um pouco e já não me vereis; um pouco mais e ver-me-eis"? 20Amen, amen vos digo: haveis de chorar e lamentar-vos, mas o mundo alegrar-se-á; vós ficareis tristes, mas a vossa tristeza tornar-se-á alegria[3]. 21A mulher, quando está para dar à luz, sente tristeza, porque chegou a sua hora. Mas, quando nasce a criança, já não se lembra da tribulação, pela alegria de ter nascido um homem para o mundo. 22Assim também vós agora sentis tristeza, mas Eu hei de ver-vos de novo, e o vosso coração alegrar-se-á, e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria. 23Naquele dia nada me perguntareis.

Amen, amen vos digo: o que pedirdes ao Pai no meu nome, Ele vos dará. 24Até agora, nada pedistes no meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa.

25Disse-vos estas coisas em linguagem figurada; está a chegar a hora em que já não vos falarei em linguagem figurada, mas com clareza vos falarei acerca do Pai[4]. 26Naquele dia, pedireis no meu nome; não vos digo que Eu rogarei por vós ao Pai, 27pois o próprio Pai é vosso amigo, porque vós sois meus amigos e acreditastes que Eu saí de junto de Deus. 28Saí de junto do Pai e vim ao mundo; agora deixo o mundo e vou para o Pai».


Anúncio da dispersão dos discípulos – 29Disseram os seus discípulos: «Eis que agora falas com clareza e nada dizes em linguagem figurada. 30Agora compreendemos que sabes tudo e que não tens necessidade de que alguém te interrogue. Por isso acreditamos que saíste de Deus».

31Respondeu-lhes Jesus: «Agora acreditais? 32Eis que está a chegar a hora – e já chegou – em que sereis dispersos, cada um para o que é seu[5], e me deixareis só. Mas não estou só, porque o Pai está comigo».


Conclusão do discurso – 33«Disse-vos estas coisas para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações. Mas tende coragem: Eu venci o mundo!».



  1. Lit.: para que não vos seja pedra de tropeço; verbo skandalízō, que se refere à pedra (skándalon) que faz tropeçar (Mt 16,23par.), no sentido de pecar. Os discípulos ver-se-ão perante situações que porão à prova a fidelidade da sua fé em Jesus (cf. 6,61).
  2. Cf. 14,16 nota.
  3. Cf. 20,20: os discípulos alegraram-se ao ver o Senhor.
  4. Lit.: anunciarei acerca do Pai. Isto é, pela doação da própria vida, que expressa o amor de Deus e de Jesus (3,16; 10,11ss; 13,1; 15,13).
  5. A mesma expressão em 1,11 e 19,27.




Capítulos

Jo 1 Jo 2 Jo 3 Jo 4 Jo 5 Jo 6 Jo 7 Jo 8 Jo 9 Jo 10 Jo 11 Jo 12 Jo 13 Jo 14 Jo 15 Jo 16 Jo 17 Jo 18 Jo 19 Jo 20 Jo 21